PSI Site do Conselho Regional de Psicologia 6ª Região - São Paulo

Eventos CRP SP

Introdução

A Psicologia brasileira estrutura a construção de conhecimentos e da conduta profissional com base em dois princípios fundamentais de sua ética profissional: o princípio soberano da Laicidade e o de proteção e defesa dos Direitos Humanos.

Não é por fundamentar-se na laicidade que a Psicologia deva refutar a Religião, também instituição produtora de subjetividades. Ao contrário: implica no reconhecimento de que a produção de subjetividades é promovida tanto pela Psicologia quanto pela Religião. Implica também no reconhecimento de que, embora toda Religião possua uma dimensão psicológica e a Psicologia não possua uma dimensão religiosa, os Direitos Humanos operam como uma espécie de válvula de redução da construção do campo epistêmico e da práxis profissional dos psicólogos.

Sim. Psicologia e Religião transitam num campo comum - o da produção de subjetividades. O que vem ocorrendo no cenário brasileiro? Temos visto a Psicologia enfrentar problemas com o lado sombrio da Religião: o fundamentalismo religioso, que vem assolando a sociedade brasileira com suas propostas restritivas de aprisionamento de subjetividades pela lógica da culpabilização. Essa lógica contribui para dificultar, ou mesmo impossibilitar o diálogo da Psicologia com os aspectos positivos da Religião, com a Espiritualidade, com os Saberes Tradicionais e, ainda, com as construções epistemológicas não-hegemônicas associadas a esses grandes interlocutores da Psicologia. Nesse contexto situa-se o Seminário Estadual Laicidade, Psicologia e suas relações com a Religião, a Espiritualidade e os Saberes Tradicionais.

Com o objetivo de produzir referenciais para a orientação da práxis psicológica no que tange aos diálogos da Psicologia - ciência e profissão - com a Religião, a Espiritualidade e os Saberes Tradicionais, bem como no que diz respeito às Epistemologias não-hegemônicas no campo da própria Psicologia, no que diz respeito a tais conhecimentos, o CRPSP estará realizando uma série de quatro Seminários ao longo de 2015, em parceria com entidades da Psicologia, universidades e associações profissionais.

No Sistema Conselhos de Psicologia tais eventos encontram respaldo nas diretrizes do VIII CNP, instância máxima de deliberação da categoria; nas discussões da APAF, sua instância executiva; e no Planejamento Estratégico do CRPSP.


Informações:

Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06
Tel.: 11 - 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357
E-mail: eventos03@crpsp.org.br